Albert Mendonça
CIRURGIA PLÁSTICA

Ritidoplastia ou lifting facial
(cirurgia de rejuvenescimento facial)

Esta cirurgia procura diminuir a flacidez e atenuar as rugas da face e pescoço, remover os excessos de gordura localizada dando ao rosto aparência mais jovial, não eliminando todas as rugas. O resultado da cirurgia não interrompe o processo evolutivo de envelhecimento e seus efeitos não são definitivos. Não é possível pela cirurgia, transformar uma face de 40 anos em outra de 20 anos. Os resultados não são os mesmos para formas de face, textura e flacidez de pele tão diferentes. Quanto mais idoso(a) for o(a) pacient e a pele seca e quebradiça, menor será a duração dos efeitos.

A cirurgia estética, como procedimento eletivo, é uma conduta cirúrgica planejada, podendo aguardar a oportunidade ideal para ser realizada, razão pela qual os riscos sistêmicos a ela inerentes são menores.

Raramente traz implicações sérias, entretanto, como todo ato cirúrgico, tem seu risco natural e os imprevistos. Tenha a certeza que tudo será feito para evitá-los, proporcionando os melhores resultados.

Lembre-se das recomendações gerais para as cirurgias, como não usar, por duas semanas antes, medicamentos à base de AAS, anticoagulantes, corticóides de uso prolongado ou medicamentos para emagrecer; abstinência do fumo por 30 dias antes da operação; não usar cremes faciais e corporais a partir da véspera da cirurgia; jejum de acordo com a recomendação médica (8 horas antes da cirurgia); comunicar ao seu médico qualquer anormalidade ou uso recente de medicamentos, alergias medicamentosas ou alimentares e alguma outra recomendação que venha a ser pertinente. Guardar em casa objetos pessoais como jóias e bijuterias. Se fizer uso de tintura de cabelos, aconselhamos que faça logo antes da operação pois estes produtos somente poderão ser usados cerca de 30 dias depois.

A cirurgia é realizada sob anestesia local com sedação ou geral, dependendo da indicação do anestesista ou da preferência do cirurgião . As incisões (futuras cicatrizes) são postas de forma a camuflar ao máximo sua aparência e, assim, contornam as orelhas, sobem em direção ao couro cabeludo e, posteriormente, penetram na região pilosa de forma horizontal ou descendente. Todas as estruturas da face são reposicionadas removendo-se os excessos de pele. Dura cerca de 5 horas. A internação hospitalar é recomendada por 24 horas ou de acordo com cada caso .

Intercorrências

As intercorrências são situações que surgem no período pós-operatório e não interferem no resultado. São exemplos: equimoses (manchas roxas na pele), edema (inchaço), pequenos hematomas que podem drenar espontaneamente ou necessitar drenagem cirúrgica, deiscência de pontos (abertura do corte), etc. Outras intercorrências indesejáveis e mais complexas, que felizmente são raras: infecção, paralisia facial transitória ( neuropraxia), grande deiscência de pontos, necrose parcial ou total da pele da face, grandes hematomas que precisam ser drenados e as intercorrências pertinentes a qualquer procedimento cirúrgico. Nestas eventualidades é fundamental manter a calma e conversar com seu médico que cuidará atentamente do seu caso. O(a) paciente não deve transmitir a existência destas intercorrências a seus amigos e familiares. Eles poderão deixá-lo(a) inseguro(a), nada podendo fazer efetivamente para ajudar. Isto gera angústia dúvidas e insegurança. Continuar confiando no seu médico ainda é o melhor caminho.

*OBSERVAÇÃO: Sangramentos copiosos ou variações volumétricas exageradas (inchaços) (na maioria das vezes unilateral) e de acontecimento súbito, acompanhados de dor, devem ser imediatamente comunicados ao seu médico. Pode se tratar de um hematoma e deve ser avaliado prontamente

Evolução a longo prazo

A ritidoplastia não é cirurgia para o resto da vida. A qualidade dos resultados sofre alterações contínuas ao longo dos anos. Alguns fatores como idade, variação do peso corporal, qualidade e textura da pele, influências hormonais, exposições prolongadas ao sol, estilo de vida, etc, interferem de forma incisiva na face, independente de ter ou não sido operada. Nova cirurgia poderá ser indicada quando, com o passar do tempo, estas alterações se apresentarem, alterando a aparência e a flacidez dos tecidos faciais. Não será um retoque da primeira. É um novo procedimento.

A(o) paciente deve estar ciente que a cirurgia plástica, mesmo a estética, envolve obrigação de meios, segundo resolução 1621/2001, artigo 4º do Conselho Federal de Medicina.

Orientações Pós-Operatórias
Ritidoplastia

  • Repouso de atividades físicas, mas mobilize os membros inferiores, faça pequenas caminhadas dentro de casa.
  • Deitar com o tronco elevado por travesseiros. Não deitar de lado ou de bruços.
  • Banhos molhando a cabeça somente com a autorização da equipe cirúrgica (geralmente no dia seguinte à cirurgia).
  • A sensação de olhos secos pode acontecer quando se associa a cirurgia das pálpebras.
  • Após 1 mês poderá retornar a suas atividades físicas habituais como ginástica, natação.
  • Deve-se evitar exposições solares, use protetor solar FPS 60,( assim que liberado pelo médico), proteja-se com chapéus ou bonés e use óculos escuros.
  • Não fumar por 30 dias.
  • Se for feito o peeling ( lixamento da pele), lavar o rosto suavemente 3 vezes ao dia com água e sabonete antisséptico (Soapex sabonete líquido),e aplicar pomada Nebacetim na face até saírem todas as crostas.
  • Não arranque as “casquinhas” e crostas que vão se formando. Elas irão se soltar naturalmente.
  • O(a) paciente jamais deverá fazer compressas quentes na área operada, para melhorar o inchaço. A pele ainda estará sensível e poderá ocorrer queimadura de 3º grau.
  • Recomendamos a realização de massagens (drenagem linfática) com início no 5º dia de pós-operatório, até cerca de 30 dias, ou de acordo com a avaliação médica;
  • A partir da operação, o organismo reage com inchaço e manchas roxas na pele que podem aumentar nos três primeiros dias e então iniciam o processo de regressão.
  • Não usar cremes hidratantes até a retirada total dos pontos. esfoliantes e despigmentantes somente após avaliação do cirurgião (geralmente depois de 3 meses).
  • Somente é permitido lavar o rosto com sabonete antisséptico e cremoso e os cabelos após o 2º dia da cirurgia, permitido uso de secador frio.
  • Maquiagem :após 8 dias .
  • Exposição ao sol :após 90 dias.
  • Tintura de cabelo: após 30 dias.
  • É comum o(a) paciente observar assimetrias e pequenas irregularidades na face e sensibilidade também é diferente nesta fase. É comum o relato da sensação de que a pele parece papel e pequenas nodulações podem ser percebidas ao acariciar a pele. Correspondem a pontos de cicatrização e deverão desaparecer lentamente.
  • Lembre-se que nenhum resultado cirúrgico deve ser avaliado antes dos três meses da intervenção, considerando a redução do inchaço.


R. Tenente Brito Melo, 1223
Barro Preto, Belo Horizonte - MG
CEP: 30180-074
(31) 4042-4115
(31) 99705-5703 WhatsApp
(31) 98765-5705 Médico
alchristi@hotmail.com

Desenvolvido por IPOTEC SOLUÇÔES EM TECNOLOGIA