Albert Mendonça
CIRURGIA PLÁSTICA

Blefaroplastia
(cirurgia das pálpebras)

A cirurgia estética das pálpebras tem por objetivo remover os excessos de pele, bolsas de gordura e parte das rugas desta região que fazem o olhar apresentar um aspecto triste e cansado. É importante enfatizar que os “pés de galinha” são resultantes da ação muscular nesta região e que são somente suavizados pela cirurgia. A complementação deste procedimento com a toxina botulínica (Botox) muitas vezes é aconselhada para um resultado melhor . A blefaroplastia pode ser superior, inferior ou total, e a indicação vai depender da necessidade de cada caso. Muitas vezes o problema das pálpebras ocorre devido a fatores clínicos, não estando indicada para olheiras, edemas, etc. Outras vezes, os problemas clínicos estão associados ao cirúrgico e, mesmo que se opere devidamente as pálpebras, ainda assim persistirá um percentual do defeito original, decorrente do distúrbio clínico associado. A cirurgia é realizada em hospital ou clínica especializada, em caráter ambulatorial, com alta prevista para o mesmo dia. A anestesia é preferencialmente local com sedação, podendo também ser geral , a critério.

Lembre-se das recomendações gerais para as cirurgias, como não usar, por duas semanas antes, medicamentos à base de AAS, anticoagulantes, corticóides de uso prolongado ou medicamentos para emagrecer; abstinência do fumo por 30 dias antes da operação; não usar cremes faciais e corporais a partir da véspera da cirurgia; jejum de acordo com a recomendação médica (8 horas antes da cirurgia); comunicar ao seu médico qualquer anormalidade ou uso recente de medicamentos, alergias medicamentosas ou alimentares e alguma outra informação que venha a ser pertinente. Guardar em casa objetos pessoais como jóias e bijuterias.

Na pálpebra superior, a cicatriz é disfarçada em sulco natural da pálpebra, e na inferior próximo à implantação dos cílios, com extensão da cicatriz lateralmente.

Durante alguns dias poderá haver maior sensibilidade à luz, lacrimejamento ou sensação de olho seco, coceira ou mesmo ardor. Podem aparecer pequenos nódulos abaixo da pele, durante o 1º mês da cirurgia e não devem ser motivos de preocupações.

Manchas vermelhas nos olhos podem aparecer e desaparecem com o tempo. Os resultados definitivos relacionados ao inchaço devem ser esperados para três meses após a cirurgia. Podemos considerar a volta às atividades habituais com 5 a 7 dias.

Intercorrências podem ocorrer nesta, como em qualquer outra cirurgia, sendo mais comuns: exposição do vermelhão, trações no canto externo dos olhos, frouxidão da borda da pálpebra inferior (criando um espaço entre a pálpebra inferior e o olho), perda parcial dos cílios. Retoques ocasionais representam prudência para não retirar demais e depois ter que corrigir em circunstâncias adversas. O retorno às condições pré-existentes a uma blefaroplastia leva alguns anos. A pele continua envelhecendo. Uma nova blefaroplastia poderá ser recomendada . Esta nova cirurgia não é um retoque da primeira. É um novo procedimento .

A paciente deve estar ciente que a cirurgia plástica, mesmo a estética, envolve obrigação de meios, segundo resolução 1621/2001, artigo 4º do Conselho Federal de Medicina.

Orientações Pós-Operatórias
Blefaroplastia

  • Aplique gazinhas estéreis molhadas com soro fisiológico gelado sobre os olhos durante as primeiras 48 horas após a cirurgia, renovadas de hora em hora, exceto de madrugada.
  • Repouse em casa por 2 dias. Mantenha a cabeceira mais elevada, utilizando 2 ou mais travesseiros.Não dirija nesse período.
  • Lave o rosto com um sabonete antisséptico separado, inclusive as pálpebras, 48 horas após a cirurgia. Mas não esfregue os olhos até a retirada dos pontos.
  • Use óculos escuros ao se expor à luz natural ou ao vento. Leve-os para a saída do hospital.
  • Não coce os olhos.Atividades cotidianas leves liberadas, evite atividades físicas por um mês.
  • Durma voltado para cima e com o travesseiro um pouco mais alto durante a primeira semana.
  • Use produtos de maquiagem somente após a primeira semana pós-operatória.
  • Não use lentes de contato durante 2 semanas.
  • Após 2 semanas e com autorização médica massageie as pálpebras e as cicatrizes com produto indicado, 2 x/dia, por 3 a 4 meses.
  • Não pratique esportes por 1 mês. Pode-se freqüentar piscina ou praia após esse período com proteção por óculos escuros, boné e filtro solar FPS 60 .Banho de sol sobre as cicatrizes somente após um ano, mesmo usando filtro solar.


R. Tenente Brito Melo, 1223
Barro Preto, Belo Horizonte - MG
CEP: 30180-074
(31) 4042-4115
(31) 99705-5703 WhatsApp
(31) 98765-5705 Médico
alchristi@hotmail.com

Desenvolvido por IPOTEC SOLUÇÔES EM TECNOLOGIA